“Criatividade é o que o cérebro faz”

Criatividade está entre as soft skills mais requisitadas pelo mercado de trabalho atualmente, segundo um levantamento feito pelo Fórum Econômico Mundial.  No contexto da chamada Quarta Revolução Industrial, que é a era da robótica avançada, da automação, da inteligência artificial e da aprendizagem automática, os profissionais criativos terão mais oportunidades e sabe por quê?

Porque a criatividade “é o nosso grande trunfo como espécie”,  segundo afirma o neurocientista David Eagleman.

E, de fato, os robôs perdem para nós em criatividade: não conseguem ter ideias inusitadas e inteligentes ou desenvolver alternativas criativas para resolver problemas. Talvez por isso, a habilidade que era a 10ª da lista de previsões das demandas de mercado para 2015, agora faz parte das três mais destacadas para 2020.

E ao contrário do que muitos pensam, ela não está restrita a um grupo seleto de pessoas.

Criatividade é o que o cérebro faz.

Então, de onde vem essa faculdade única dos seres humanos? Como aproveitar melhor os processos neurais por trás da criatividade? E o mais importante: como liberar todo o nosso potencial criativo? David Eagleman responde essas e outras perguntas no documentário Como o Cérebro Cria, de 52 minutos, disponível no Netflix, ao explorar o processo criativo de vários profissionais inovadores.

É um excelente material para ser trabalhado em sala de aula, comunidades de práticas e até mesmo em programas de Desenvolvimento Humano nas empresas. No próprio site https://creativebrainmovie.com/ é possível obter as licenças de triagem para exibição em teatros, universidades, empresas, escolas, centros comunitários e outros locais não tradicionais. Além do filme, eles fornecem orientações para tornar a exibição mais proveitosa (e criativa!).

E para quem tem Netflix, fica a dica, aí, para o fim de semana!


The Creative Brain, documentário, 52 minutos, Netflix, 2019.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.