Plataformas para treinamentos corporativos

No último post, trouxe a indicação, da Leila Ostoyke, de plataformas para quem deseja comercializar cursos on-line. Mas há outra demanda, que também chega muito para mim: sugestão de plataformas para cursos corporativos. Ou seja, o objetivo não é comercializar, mas ter um local para disponibilizar treinamentos para os colaboradores e acompanhar o andamento e o desempenho deles durante (e também após) os cursos. Então, seguem algumas dentre várias opções (em ordem alfabética):

  • Eadbox: possui um sistema avançado de customização de layout, no qual você mesmo pode fazer isso, ou deixar que eles entreguem tudo pronto (do seu jeito) junto com o projeto de implementação. Possibilita fazer webinar e transmissão de aulas ao vivo; é 1oo% responsivo e dispõe de aplicativo para smartphone e tablet; dá para criar cursos utilizando SCORM*, vídeo aulas, apostilas e apresentações. Também dispõe de soluções para promover o engajamento dos participantes e gamificação. É possível testar a plataforma durante sete dias, gratuitamente. Os valores dos planos devem ser consultados diretamente com a empresa, pois eles fazem um atendimento consultivo para melhor entender a necessidade do seu negócio.
  • Hotscool: é uma plataforma de ensino a distância com rede social integrada para cada um dos cursos on-line. Tem interface intuitiva, dá para fazer customizações e criar conteúdos em formato de vídeos, áudios, imagens, textos, PDF ou planilhas, importando-os diretamente do computador, Dropbox, Google Drive, OneDrive e Evernote, mas não aceita conteúdos no padrão SCORM*. É 100% responsivo e os planos variam conforme o número de usuários ativos: de R$ 250,00 (75 usuários ativos) a R$ 900,00/mês (300 usuários ativos). É possível fazer um cadastro para conhecer a plataforma e seus recursos durante um período de teste, sem pagar nada.
  • Konquest: é uma plataforma web social learning que permite a gestão social e automatizada de conhecimento para a empresa, utilizando recursos de inteligência artificial para analisar conteúdos de qualquer natureza, entendendo e categorizando a informação para melhorar a descoberta e consumo dos conteúdos de aprendizagem. Os planos variam de R$ 1.212,00 (500 usuários ativos) a R$ 10.909,00 (5.000 usuários ativos). A plataforma também conta com recursos de gamificação e engajamento de colaboradores, um dos grandes problemas dos treinamentos corporativos.
  • Moodle: é a mais usada e conhecida no mercado. Por ser um sistema de código aberto (open source), possibilita desenvolver os cursos da forma que preferir, utilizando os recursos e funcionalidades que a plataforma dispõe (incluindo aí conteúdos no padrão SCORM*). A instalação (gratuita) pode ser feita no próprio servidor da empresa (envolvendo a equipe de TI e um webdesigner para ajudar na customização do layout) ou contratar um fornecedor para ajudar na implementação, configuração e todo o suporte técnico necessário, caso a empresa não tenha uma equipe e/ou infraestrutura interna para cuidar disso. Nesse caso, os valores variam bastante entre os fornecedores. Então, é bom pesquisar o que cada um tem a oferecer. O Moodle é 100% responsivo é já dispõe de aplicativo para smartphone e tablet.
  • Tactileo: é uma plataforma digital “4 em 1”, ou seja, funciona como ferramenta de autoria, permitindo criar cursos on-line e trilhas de aprendizagem, adicionando recursos multimídias; como ambiente virtual de aprendizagem, possibilitando o acompanhamento e o desempenho dos usuários em tempo real e em qualquer dispositivo; como biblioteca colaborativa virtual, permitindo compartilhar objetos de aprendizagem com uma comunidade e reutilizar recursos de cursos existentes; e como ferramenta de interatividade, possibilitando a criação de enquetes, pesquisas de opinião e avaliações. É possível testar a plataforma durante quinze dias, gratuitamente. Os valores dos planos dependem da quantidade de usuários cadastrados e podem ser obtidos entrando em contato com a empresa (11 3578-9348).

Em tempo: Existem várias plataformas de LMS para uso corporativo e a proposta, aqui, não foi esgotar o assunto, muito menos indicar somente as minhas “preferidas”. São só algumas referências. A escolha depende, por exemplo, do objetivo, público-alvo, negócio e estratégia da empresa. E, geralmente, é feito um planejamento para isso. Quem quiser contribuir com essa discussão, escreva nos comentários qual plataforma é usada na sua empresa, seus pontos fortes e fracos. Isso pode gerar outro post aqui no blog. ;-]


*SCORM é uma sigla para Sharable Content Object Reference Model, que pode ser traduzida como Modelo de Referência de Objeto de Conteúdo Compartilhável. Trata-se de um conjunto de padrões e especificações para o e-learning. O padrão SCORM define a comunicação entre o conteúdo do objeto de aprendizagem (animações, vídeos, imagens, textos etc.) e a plataforma Learning Management System (LMS) também conhecida como Sistema de Gerenciamento de Aprendizado. Foi desenvolvido pela Advanced Distributed Learning (ADL), instituição mantida pela Secretaria de Defesa dos Estados Unidos, com a finalidade de melhorar a aprendizagem por meio do uso de tecnologia.


Crédito da foto:Imagem de Sandra Schön por Pixabay

2 comentário em “Plataformas para treinamentos corporativos

    1. Ei, Genezio. O Moodle é uma opção gratuita, mas você vai precisar de algum profissional que conheça a ferramenta para fazer a instalação e configuração no servidor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.