Grande Vitória abre espaço para atender refugiados, imigrantes e apátridas

A Plataforma Lince, organização que presta atendimento jurídico a imigrantes, refugiados e apátridas, assinou uma parceria com a Mitra Arquidiocesana de Vitória/Pastoral do Migrante, para que, juntos, os dois grupos possam trabalhar tanto na assistência jurídica, quanto no acolhimento e inclusão social de pessoas em situação de migração, de forma gratuita.

Idealizada pelo então estudante de Direito Laércio Jorge de Souza Ramos Júnior, a Plataforma Lince prestava atendimentos de forma remota por meio do site (www.plataformalince.org). Agora, sua equipe multidisciplinar da terá uma sala para realizar os atendimentos, na Mitra Arquidiocesana de Vitória. Os serviços da Pastoral do Migrante também foram retomados.

Desta maneira, refugiados, imigrantes e apátridas que precisam de informação ou estão enfrentando alguma dificuldade, podem buscar, no local, aconchego, orientações e encaminhamentos para a Rede Socioassistencial e ainda terem acesso às Políticas Públicas de inclusão social.

Na cerimônia de oficialização da parceria entre a Plataforma Lince e a Pastoral do Migrante, a Secretária Executiva do Vicariato para Ação Social, Política e Ecumênica da Arquidiocese de Vitória, Elizabeth Regina Lopes, levantou a seguinte reflexão:

“Quando o sofrimento e a dor do outro nos comove, somos impulsionados a tomar uma atitude! Migrar é um direito humano que não nos torna ilegais, diferentes ou criminosos e, pode ser, que em algum momento da vida já fomos ou seremos migrantes. Esperamos também encontrar pessoas, homens, mulheres, jovens, adultos ou idosos, de boa vontade, que queiram abraçar conosco esta causa”.

Para a Equipe da Plataforma Lince, esta é uma grande oportunidade de ampliar o trabalho que vem sendo desenvolvido, fornecendo acompanhamento jurídico a quem precisa, e para além disso, divulgar notícias, eventos e projetos que acontecem no Brasil e no mundo, criando, assim, uma rede de apoio que pode fortalecer o trabalho e qualidade dos serviços prestados à refugiados, imigrantes e apátridas.

O Brasil é apontado como um modelo de acolhida e proteção à população refugiada na América do Sul, por positivar os padrões mínimos estipulados no Direito Internacional. Entretanto, a complexidade do tema exige um tratamento que vá além do mínimo e, neste quesito, a atuação brasileira é insuficiente. Dessa maneira, a parceria entre Plataforma Lince e Pastoral do Migrante também reforça a luta para que o Estado, nas instâncias federal, estadual e municipal, cumpra o seu papel com a implantação de políticas públicas direcionadas a este público.

Os atendimentos poderão ser agendados via e-mail: contato.plataformalince@gmail.com ou pelo telefone (27) 3223-6711 e serão realizados na sede da Pastoral, localizada na Rua Sd. Abílio Santos, 47 – Centro, Vitória.


Foto: Divulgação

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.