O futuro é mais humano. Ainda bem!

No dia 31 de maio será lançado, em Vitória (ES), o Movimento de Empresas Humanizadas do Estado com a proposta de inspirar as empresas a fazerem negócios de forma mais consciente, humanizada e que tenha impacto positivo na vida das pessoas.

Em tempos de robotização, inteligência artificial, educação mediada por tecnologias, sem contar o próprio contexto econômico e político mundial, as relações estão perdendo sua “humanidade”. Quero deixar claro que não sou contra o avanço das tecnologias, pelo contrário! Acho fantásticas as possibilidades que o ciberespaço e a cibercultura nos proporcionam. O fato é que, não obstante a toda essa construção coletiva e economia colaborativa que esse mundo complexo favorece e estimula, as relações humanas carecem, cada vez mais, de afeto, cuidado, de importar-se realmente com o desenvolvimento e bem-estar do outro. O que vale é o que “EU” sinto, “EU” ganho, “EU” conquisto. E o crescimento exponencial vem trazendo, ainda, uma polarização extremista (e em alguns casos até destruidora) em todos os níveis: direita x esquerda; machismo x feminismo; presencial x a distância, liberal x conservador… Como se um lado fosse certo e o outro errado, desconsiderando as diversidades, as diferentes percepções e oportunidades que cada um oferece.

O Movimento de Empresas Humanizadas vem nessa contramão ao se propor ajudar as empresas a se reconectarem com uma gestão mais sustentável, guiada por propósitos e orientada a todos os envolvidos. Ou seja, não basta apenas gerar lucro, deixar o dono e acionistas cada vez mais ricos, todos precisam ganhar com seu crescimento. Isso é a economia colaborativa de fato. É a construção coletiva para o bem comum de todos. E são ESSAS empresas que vão se destacar daqui para frente, porque o futuro é mais humano.

Isso me enche de esperança…


Para saber mais: Empresas Humanizadas

Pesquisa divulgada durante o “Capitalismo Consciente Latin-American Conference 2019” revelou que  o desempenho financeiro das Empresas Humanizadas do Brasil (EHBR) é seis vezes superior no longo prazo (períodos de 4 a 16 anos), quando comparadas às 500 Maiores Empresas do Brasil. Aquelas organizações também conquistam uma satisfação de seus colaboradores que é 224% superior, já a satisfação dos clientes é 239% superior.


O 1º Fórum do Movimento de Empresas Humanizadas do Espírito Santo – Lideranças Conscientes Impulsionam os Negócios vai reunir, no Centro de Convenções de Vitória (ES), empresários, líderes e profissionais de gestão que se identificam com o conceito de capitalismo consciente, base do movimento, e que vem ganhando mais espaço no Brasil.

  • Quando: 31 de maio de 2019.
  • Horário: das 08h às 11h30.
  • Local: Centro de Convenções de Vitória (R. Constante Sodré, 157, Santa Lúcia).
  • Informações sobre adesão ao Movimento: (27) 3071-3533 e (27) 99840-3618. E-mail: humanizadas.es@gmail.com
  • Inscrição aqui.

Crédito da foto: Divulgação

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.