Livro apresenta perspectivas inovadoras sobre o aprendizado

Na obra Aprendizagens invisíveis – Experiências teórico-práticas em sala de aula, especialistas discutem como professores podem conhecer melhor os caminhos para o desenvolvimento individual e coletivo de seus alunos. Em 304 páginas, o livro reúne ideias, experiências e vivências de 17 professores pesquisadores – todos preocupados em oferecer novas abordagens para o processo de ensino–aprendizagem. Organizada pela educadora Julia Pinheiro Andrade, que também assina dois capítulos, a publicação conta com relatos de práticas pedagógicas realizadas por professores de escolas públicas e particulares.

A partir de projetos desenvolvidos na formação docente e com alunos da Educação Infantil, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio, os autores compartilham estratégias e proposições teóricas que permitem refletir sobre os sentidos do que se aprende, como se aprende, quando e como utilizar o que se aprende.

No primeiro capítulo, por exemplo, Camila Karino, Claire Arcenas e Claudio Sassaki detalham como os educadores podem planejar intervenções nas oito forças culturais que existem dentro de todas as escolas, salas de aula e locais de aprendizagem a partir da experiência da Geekie com escolas do Ensino Médio.

Claudio Sassaki, cofundador e CEO da Geekie

“A educação precisa ser repensada face à grande transformação que estamos vivenciando em diversos setores. Com tantas turbulências, vivemos uma era na qual a educação ficou visível. Os pais estão enxergando por dentro do processo de aprendizagem; os professores – em busca de alternativas de avaliação a distância – estão vendo o quanto o aluno aprendeu ou não; a escola passa a ser cobrada por essa efetividade no aprendizado e começa a se questionar. E, para dar suporte a reflexões importantes sobre os novos caminhos a trilhar, um livro como esse é fundamental! Ele tem um grande potencial de alimentar novos olhares dos profissionais de educação e daqueles que se interessam por um dos temas-chave para o Brasil”, afirma Claudio Sassaki, mestre em Educação pela Universidade Stanford.

Todas as experiências retratadas no livro dialogam com as propostas contemporâneas de estudos sobre educação, dentre elas a aprendizagem visível, com base nas pesquisas de John Hattie, na Universidade da Nova Zelândia; a abordagem italiana Reggio Emilia e o registro da documentação pedagógica; e o Projeto Zero, desenvolvido na Universidade Harvard, sobre a importância do pensamento e do aprender fazendo.

Dentre os temas discutidos na obra estão o pensar e a reflexão na formação docente, a cultura maker (mão na massa), o uso do design no projeto político-pedagógico, a avaliação e a autoavaliação como aprendizagem, o estudo do erro, a prática direcionada e o planejamento reverso. Em cada capítulo, são compartilhadas diversas ferramentas para download por meio de QR Codes, além de referências de artigos e vídeos para que os professores ampliem seu conhecimento e aprimorem suas práticas pedagógicas.


Fotos: Assessoria de Comunicação da Geekie

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.